Dom de Pastor – Mestre

Dom de Pastor

Dom de pastor

TÍTULO – ποιμην poimen

Temos caminhado com os textos paulinos sobre os Dons, e interpretado que, em virtude de não haver uma lista idêntica de dons entre as igrejas abertas e ou pastoreadas por Paulo, ao contrário, percebe-se diferença tanto na ênfase teológica – secundária, quanto nas admoestações e também nos Dons, assim sendo, interpretamos que os Dons não ocorrem  NECESSARIAMENTE IGUAIS, e a incidência dos Dons se dá por:

1 – SOBERANIA DE DEUS – O trino Deus dá como, quando e no formato que lhe apraz

2 – NECESSIDADE LOCAL – Resposta às demandas locais – .ex. Dom Diaconia em Atos 6

3 – MEDIDA DA FÉ – A disposição, busca, caráter cristão do individuo e da comunidade

Os Dons trazem unidade e operatividade ao Corpo de Cristo e não competitividade. Se não há uma lista FECHADA, RESTRITA E LIMITADA de Dons, antes, são diversos e dinâmicos conforme o próprio Deus, entendemos que há uma lista INICIAL, que em termos de CRONOLOGIA se torna importante e necessário para o desenvolvimento CORRETO do Corpo.

Nesta lista temos:

MISSÃO E EVANGELISMO – apóstolos/evangelistas – Arando a terra, semeando as primeiras sementes do evangelho PREGAÇÃO E ENSINO – Pastores e Mestres – Regando a semente, podando a arvore, eliminando as pragas, organizando a ceifa, distribuindo os frutos .

“E a uns pôs Deus na igreja, primeiramente apóstolos, em segundo lugar profetas, em terceiro doutores, depois milagres, depois dons de curar, socorros, governos, variedades de línguas” 1 Coríntios 12:28

E ele mesmo deu uns para apóstolos, e outros para profetas, e outros para evangelistas, e outros para pastores e doutores … Efésios 4:11

πρῶτον – Protos – Primeiramente –

primeiro (no tempo, lugar, ordem ou importância) – antes, no começo, principalmente (no, no) primeiro (de todos).

Há uma linha de QUALIFICAÇÃO dos Dons, onde se divide estes em categorias, a saberDONS DE CAPACITAÇÃO Apostolo, Evangelista, Pastor, Profeta, Mestre São os dons que realizam efetivamente a Obra de Jesus Cristo na terra, que atuam de maneira clara, direta e efetiva no meio da congregação dos santos, propagando, ensinando à Palavra, promovendo a comunhão, paz, adoração e direcionamento da Igreja para o Glorificar ao Deus Verdadeiro.

“DOM DE PASTOR”

DONS DE SUPORTE OU APOIO Governo, Serviços, Ensino, Socorro, Generosidade, Discernimento, Fé,

Exortação, Interpretação

São os dons secundários, que o seu exercício ocorre a partir de outro Dom, os primários, o Dom é importante e imprescindível para o exercício do ministério principal, e na ausência dos Dons de Apoio o Ministério principal fica incompleto.

DONS DE MARAVILHAS Curas, Milagres, Sinais, Linguas, Exorcismo

São os Dons de maior impacto visual, dons que “quebram” leis da física e da lógica humana, demonstrando o Poder de Deus sobre toda a criação. E sem os anteriores se tornam um fim em si mesmo.

Poimén KAI didaskalos – PASTOR MESTRE OU PASTOR DOUTOR

KAI – conjunção, “e”, ADICIONANDO, também. Além disso, até mesmo (o contexto determina o sentido exato).
(kaí) nunca é adversário, ou seja, nunca significa “no entanto” (“mas”) – ao contrário da conjunção principal

DIDASKALOS – substantivo masculino derivado didáskō, “ensinar“
– um professor, um instrutor reconhecido por seu domínio em seu campo de aprendizado; nas Escrituras, um professor
da Bíblia, competente em teologia.

OBS – a conjução KAI sugere adicione ao substantivo “poimen” o substantivo “didaskalos” o que permite inferir que espera-se do Pastor a MAESTRIA, DOMINIO, DOUTORAMENTO, no exercício de seu ministério.

RESUMO INDICATIVO DO DOM –

O PASTOR é o Ministro da Palavra de Deus – vimos no Estudo Anterior. Precisa CRER, AMAR, PREGAR, ENSINAR a Palavra, e para tal precisa MUITO CONHECER DA PALAVRA.
Agora fica evidente que este ministério precisa ser exercido com nível de excelência cada vez maior.

DIDASKALOS

Algumas ATRIBUIÇÕES exigíveis para o exercício deste Dom :

As tarefas do Mestre

1) professor

2) no NT, alguém que ensina a respeito das coisas de Deus, e dos deveres do homem

Estudo Dons – Sermão Temático Públio C Azevedo

1a) alguém que é qualificado para ensinar, ou que pensa desta maneira

1b) os mestres da religião judaica

1c) daqueles que pelo seu imenso poder como mestres atraem multidões, i.e., João Batista, Jesus

1d) pela sua autoridade, usado por Jesus para referir-se a si mesmo como aquele que mostrou aos homens o
caminho da salvação

1e) dos apóstolos e de Paulo

1f) daqueles que, nas assembléias religiosas dos cristãos, encarregavam-se de ensinar, assistidos pelo Santo
Espírito

DOM DE MESTRE NO ANTIGO TESTAMENTO

SALOMÃO – SABER E BOM PROCEDER

Provérbios de Salomão, filho de Davi, o rei de Israel.
Para aprender a sabedoria e o ensino; para entender as palavras de inteligência; para obter o ensino do bom proceder, a
justiça, o juízo e a equidade; para dar aos simples prudência e aos jovens, conhecimento e bom siso. Provérbios 1:1-4

ENTENDIMENTO PROFUNDO DA ESSÊNCIA DE DEUS

Mas, de fato, habitaria Deus com os homens na terra? Eis que os céus e até o céu dos céus não te podem conter, quanto
menos esta casa que eu edifiquei.
Atenta, pois, para a oração de teu servo e para a sua súplica, ó Senhor, meu Deus, para ouvires o clamor e a oração que
faz o teu servo diante de ti. 2 Crônicas 6:18,19

DANIEL –
Foi salvo – considerado para server no palácio de Nabucodonosor – por sua saúde fisica – boa aparencia, educação e inteligencia.
Se transforma em CONSELHEIRO dos reis inimigos, que vinham nele “Espírito dos deuses”.

Isto vi eu, rei Nabucodonosor, em sonhos. Tu, pois, ó Beltessazar, dize a interpretação, porquanto todos os sábios do meu reino não me puderam fazer saber a interpretação, mas tu podes; pois há em ti o espírito dos deuses santos.

Daniel 4:18

No primeiro ano de Dario, filho de Assuero, da linhagem dos medos, o qual foi constituído rei sobre o reino dos caldeus, no primeiro ano do seu reinado, eu, Daniel, entendi, pelos livros, que o número de anos, de que falara o Senhor ao profeta Jeremias, que haviam de durar as assolações de Jerusalém, era de setenta anos. Voltei o rosto ao Senhor Deus, para o buscar com oração e súplicas, com jejum, pano de saco e cinza.

Daniel 9:1-3

NEEMIAS –

DOM DE MESTRE NO NOVO TESTAMENTO

No NT a pessoa e o ministério de Jesus é o modelo a ser seguido, modelo de:

COMPETENCIA – CONHECIMENTO
PRÁTICA – VIVENCIA E APLICAÇÃO
HUMILDADE – POSTURA E CARATER
ESPIRITUALIDADE – DEPENDENCIA E GLORIFICAÇÃO A DEUS

ῥαββί – Rabi

“grande número”, provavelmente se referindo ao grande número de fatos (conhecimento da Bíblia) adquiridos por um rabino.
Este, de noite, foi ter com Jesus e lhe disse: RABI, sabemos que és MESTRE vindo da parte de Deus; porque ninguém pode fazer estes sinais que tu fazes, se Deus não estiver com ele. João 3:2

Quando Jesus acabou de proferir estas palavras, estavam as multidões MARAVILHADAS DA SUA DOUTRINA; porque ele as ensinava como quem TEM AUTORIDADE e não como os escribas. Mateus 7:28,29

ἐξουσία – exousia  AUTORIDADE

poder, autoridade, PESO, especialmente: autoridade moral, influência, (b) em um sentido quase pessoal, derivado do judaísmo posterior, de um poder espiritual e, portanto, de um poder terreno.

Durante três meses, Paulo frequentou a sinagoga, onde falava ousadamente, DISSERTANDO e persuadindo com
respeito ao reino de Deus. Atos 19:8

διαλεγόμενος  – dialegomai    DISSERTANDO

DIÁ – “através de um lado para o outro“ –

LÉGO – “falando para uma conclusão“

– corretamente, “obtendo uma conclusão” trocando pensamentos (lógica) – ” misturando pensamento com pensamento,
ponderar (girar na mente)
Assim como, no meio do povo, surgiram falsos profetas, assim também haverá entre vós falsos mestres, os quais introduzirão, dissimuladamente, heresias destruidoras, até ao ponto de renegarem o Soberano Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina destruição. 2 Pedro 2:1
Pois haverá tempo em que não suportarão a sã doutrina; pelo contrário, cercar-se-ão de mestres segundo as suas próprias
cobiças, como que sentindo coceira nos ouvidos; e se recusarão a dar ouvidos à verdade, entregando-se às fábulas.II Tm
4:3,4
Pois muitos andam entre nós, dos quais, repetidas vezes, eu vos dizia e, agora, vos digo, até chorando, que são inimigos
da cruz de Cristo.
O destino deles é a perdição, o deus deles é o ventre, e a glória deles está na sua infâmia, visto que só se preocupam com
as coisas terrenas. Filipenses 3:18,19

ATRIBUTOS DO DOM DE PASTOR

CONCLUSÃO

Tal qual Apóstolos, Pastores e Mestres o Evangelistas são pessoas enviadas a igreja local para o seu crescimento, edificação, constancia e firmeza.
O Dom do Evangelista é para a Igreja nos dias de hoje, é necessário que clamemos ao Senhor da Seara que envie obreiros, mas, que também oremos ao Senhor que sustente os obreiros já enviados, que os identifiquemos, capacitemos- os com o que for necessário, valorizemos nossos evangelistas, e aprendamos com estes o valor de uma alma ganha para Cristo.